Fotografia

A Arte de Fotografar Grávidas e Bebês

Temos sempre tentado trazer informações sobre fotografia de grávida para este Blog, e hoje vamos trazer uma nova visão da Fotógrafa Fernanda Sá, especializada no assunto, e que vai nos contar abaixo um pouco mais sobre a arte de fotografar, nos dando algumas boas dicas úteis de como fotografar sua gravidez e depois o seu bebê:

“Peguei gosto pela fotografia documental depois que minhas filhas nasceram. Antes disso era só trabalho. Me recusava a levar o equipamento fotográfico em viagens… queria descansar! Mas, os filhos nascem e crescem muito rápido. Se não registrar, dança!

Por isso fotografe sempre. Tudo!

Desde a troca de fraldas ao banho, da mamada até a papinha de fruta.

Primeiro dia de escola é foto para a vida inteira! Lembre-se que o corriqueiro de hoje é a história de amanhã. Ele andando pela sala de fraldas puxando o cachorrinho pela cordinha é uma imagem com os dias contados. Um sorriso de aparelho, os óculos “tampa-olho”, o braço quebrado, dentro do berço ou na cama com gradinhas de proteção.

Então, não perca tempo!

Aproveite as dicas abaixo para registrar a melhor imagem

 

 




1) Conheça sua câmera, seja ela digital ou de filmes. Leia o manual. A maioria não gosta muito, mas aprenda sobre os itens que mais interessam a você.

2) Mantenha sempre as baterias carregadas. Você não quer ficar na mão bem no dia em que seu filho faz aquela gracinha mais fofa.

3)Tenha no mínimo dois cartões de memória adequados à sua câmera. Se um ficou em casa, foi perdido ou danificado você tem o outro. Ficar sem cartão no meio de uma viagem de férias? Nem pensar!!!

4) Já fotografou sem o flash da câmera? Experimente. Pesquise no bom e velho manual. Vale a pena. Conte sempre com ambientes mais iluminados. É bem interessante, as cores das luzes mudam, as imagens borram um pouco, vale a pena ver o resultado. Além disso, a pele das crianças ganha volume e uma textura mais bonita e natural.

5) Aproxime-se sempre do assunto a ser fotografado. Se seu bebê está no chão, de bruços, deite-se no chão com ele. Explore ângulos diferentes e utilize sempre toda a área do visor.

6) Deixe seu filho fotografar você. Dependendo da idade eles são capazes de produzir imagens incríveis, lindas e criativas. Dê apenas uma orientação básica de enquadramento, etc.

 A maioria das pessoas que conheço, ao adquirir uma câmera digital, passou a fotografar mais, porém a ampliar menos. Todos se contentam em ver o resultado no visor da câmera.

É uma pena. Aprenda a arquivar e a manipular suas fotos em seu computador. Crie uma rotina de seleção para as imagens que produzir e não deixe de ampliar as melhores e dividí-las com sua família.

Com o resultado monte álbuns temáticos, grave DVDs, crie caixas de fotos, scrapbooks. Ou decore com porta retratos e quadros.
O importante é partilhar cada momento registrado!

Boa sorte e boas fotos.”

Publicado por Zazou